Search

22/12 – Aniversário de Rondônia; Veja a história de nosso querido estado

Sendo um dos estados com a população mais diversificada do país, atualmente Rondônia é o terceiro estado mais rico da região norte, sendo responsável por 11% do PIB da região. Foi criado em 22 de dezembro de 1981, por meio da Lei Complementar nº 41, aprovada na Câmara dos Deputados e sancionada em Brasília pelo presidente da República João Babtista de Oliveira Figueiredo, gerando a 23ª Unidade Federativa Brasileira.

O território rondoniense ocupa uma área de 237.590,547 km², e possui 52 municípios, o que faz com que ele seja cinco vezes maior que a Croácia. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o estado conta com 1.815.278 habitantes, ocupando também o terceiro lugar no ranking populacional da região norte.

ESTABELECIMENTO

Coleção Dana Merrill

Foi com o estabelecimento definitivo do antigo território acreano, em 1903, que o desenvolvimento da região foi impulsionado, pois o Tratado de Petrópolis obrigava o Brasil a construir a ferrovia Madeira-Mamoré (1907-1912), considerada por muitos como mãe de Rondônia. Outro fator importante foi a rede telegráfica estabelecida por Marechal Cândido Rondon, que contribuiu na integração do extremo oeste brasileiro. Com o desmembramento de parte do Mato Grosso e do Amazonas, constituiu-se o Território Federal de Guaporé, em 1943, com a intenção de apoiar de maneira mais direta a ocupação e o desenvolvimento da área. Contudo, foi somente em 1956 que o território passou a se chamar Rondônia.

CONSOLIDAÇÃO

A economia em 1960 se resumia à extração de borracha e de castanha-do-pará. Denominada na ocasião de ciclo da borracha, o evento gerou um crescimento acelerado da região norte. Além disso o acesso fácil a terra boa e barata atraiu empresários interessados em investir na agropecuária e na indústria madeireira, mas na mesma época foi descoberto ouro e cassiterita na região, contribuindo ainda mais no aumento populacional. Entre as décadas de 1960 e 1980 o número de habitantes da região cresceu mais de sete vezes, passando de 70 mil para 500 mil.

Porém, com a elevação de Rondônia à condição de estado em dezembro 1981, houve redução de investimentos, o esgotamento prematuro das melhores terras para a agropecuária e a devastação florestal, dificultando assim o desenvolvimento econômico, além de causar sérios problemas sociais e ambientais na região.

Em uma tentativa de conter o desflorestamento, foi criado no ano de 2001, na fronteira com a Bolívia, um corredor ecológico binacional, com uma área de 23 milhões de hectares – quase o tamanho do estado de São Paulo. Inicialmente financiado pelo Banco Mundial, o objetivo da medida era preservar as sub-bacias hidrográficas da bacia Amazônica, além de ajudar a proteger espécies de animais e vegetais endêmicos.

Para o diretor executivo da ASTIR, subtenente da PM Francisco Reginaldo, Rondônia é um estado abençoado por uma riqueza inigualável de recursos naturais, um patrimônio ambiental de valor inestimável.

“Nossa querida Rondônia é muito mais do que um ponto no mapa. É um lar vibrante, rico em recursos naturais, diversidade cultural e oportunidades econômicas. Os habitantes de Rondônia são os protagonistas dessa história, moldando o presente e construindo um futuro sustentável para as gerações vindouras”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enable Notifications OK No thanks